Banner publicitário

Muito Mais Informação!

, 18h 11min - hoje é Terça-feira, 02 de Setembro de 2014  

Editorias

Mais

Tempo Agora

Sobre


Você está aqui: Página Inicial > Anta Gorda > Aprender Brincando

| Anta Gorda > Coluna

Diminuir a fonte  Aumentar a fonte

Aprender Brincando


Sabemos que brincar faz parte da infância e o normal é que todas as crianças brinquem. Os adultos brincaram, as crianças brincam hoje e as crianças do futuro, certamente brincarão. Na maioria das vezes temos a convicção que brincar é apenas diversão, mas atualmente, novas atribuições estão sendo designadas a este ato, revelando a importância do mesmo no desenvolvimento infantil, principalmente, no quesito ensino – aprendizagem.
Falar de brincar faz – nos revivermos o passado, lembrar – nos de momentos marcantes em nossas vidas. Com certeza, cada um de nós, traz na lembrança as brincadeiras que mais nos davam prazer na infância, além disso, era dessa forma que nos socializávamos, fazíamos amigos, descobríamos o mundo. Pesquisadores do assunto revelam que o lúdico inserido na sala de aula, na Educação Infantil, é uma das maneiras mais eficazes para envolver os alunos nas atividades, facilitando e contribuindo para a aprendizagem. É nas brincadeiras individuais e/ou grupais que a criança sente – se capaz de criar, descobrir, sonhar, desenvolvendo sua criatividade e sua capacidade. São nas regras dadas em uma brincadeira, que a criança desenvolve atitudes, cria vínculos, desenvolve a socialização e a moralidade, ou seja, a criança amplia o seu relacionamento social e aprende a respeitar a sí mesma e aos outros. É por meio da ludicidade que a criança começa a expressar-se com maior facilidade, ouvir, reverenciar e discordar de opiniões, exercendo sua liderança e sendo liderada e compartilhando seu contentamento em brincar. Além disso, a criança estabelece com os jogos e as brincadeiras uma relação natural, extravasando suas tristezas e alegrias, angústias, entusiasmos, passividades e agressividades, é por meio da brincadeira que a criança envolve-se no jogo e partilha com o outro, se conhece e conhece o outro.
Nesse contexto, inserir jogos e brincadeiras no processo de ensino, mostra – se essencial quando o assunto é educação de qualidade, porém, é fundamental que haja planejamento por parte do educador, em relação às atividades que desenvolverá, para que sejam reconhecidas como suporte pedagógico e não como mero passa – tempo, levando em consideração algumas características, como a faixa etária dos alunos; o tipo de atividade a ser desenvolvida, se é condizente com o momento; o tempo que a atividade vai ocupar entre as rotinas diárias; o objetivo a ser alcançado; o local onde ocorrerá e o material a ser utilizado: brinquedos ou jogos. Certamente, é um recurso que envolve e estimula as crianças da Educação Infantil a aprender coisas novas relativas a qualquer área do conhecimento, se utilizada de forma adequada.
Conclui-se, assim, que a criança aprende enquanto brinca e que o aspecto lúdico facilita a aprendizagem e o desenvolvimento integral nos aspectos físico, social, cultural, afetivo e cognitivo. Enfim, desenvolve o indivíduo como um todo, sendo assim, comprovadamente, a Educação Infantil deve considerar o lúdico como parceiro e utilizá-lo amplamente para atuar no desenvolvimento e na aprendizagem da criança.

Elita Bavaresco Colet
Graduada em Matemática – UFPEL/Pós – Graduanda em Educação Infantil - UNICID

Fonte:

Data: 07/02/2013


Gostei, quero ...

  • Imprimir esta notícia Imprimir
  • Indicar esta notícia Indicar
  • Comentar esta notícia Comentar
  • Avaliar esta notícia Avaliar
  • Compartilhar Compartilhar
  • Contatar a redação Contatar a redação
    Seu nome:
    Seu e-mail:
    Nome do seu amigo:
    E-mail do seu amigo:
    Observações:
     
    Seu nome:
    Seu e-mail:
    Comentário:
     
    6 7 8 9 10 <
    Seu nome:
    Seu e-mail:
    Contato:
     

Jornal Eco Regional

Rua Osvaldo Aranha, 521 - Sala 01
Arvorezinha, RS

Telefones: (51) 3772-1561 / (51) 3772-1061

O Jornal | Fale Conosco | Assinaturas | Publicidade

Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).

Valoriza Web